Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

Clientes ocultos em proliferação

Uma prática que está em evidência no mercado é a contratação de clientes ocultos para avaliar a prestação de serviços em diversos setores do comércio, como postos de gasolina, escolas de idiomas, joalherias, padarias etc. Diversas empresas especializadas têm recrutado prestadores de serviço em todo o país e os têm treinado para cada tarefa que as empresas contratantes desejam aperfeiçoar ou verificar, a fim de evitar prejuízo de imagem.

A revista Exame, o jornal Destak e o jornal O Globo fizeram matérias a respeito e mencionam empresas do ramo que podem ser encontradas pela internet. Todas estas que são citadas disponibilizam um link para cadastro ou para envio de currículo. A rigor, a maioria de nós já atua como cliente oculto na prática (no meu caso, devido também à profissão), mas essas reportagens orientam a atuar de forma profissional, com ganho de qualidade para si e para todos os clientes das empresas avaliadas.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcia…

Desagravo a Ascenso Ferreira

No domingo (27) a estátua do poeta pernambucano de Palmares, localizada no Cais da Alfândega, foi desfigurada. Um dia depois, descobriu-se que havia sido por obra de um doente mental, mas a comoção persistiu: danificar qualquer uma das estátuas do chamado Circuito da Poesia é um crime simbólico e de fato para os recifenses. Por isso, registro um desagravo pessoal reproduzindo um poema de Ascenso musicado posteriormente por outro grande nome das artes em Pernambuco.


Maracatu Zabumba de bombos, Estouro de bombas, Batuques de ingonos, Cantigas de banzo, Rangir de ganzás...
- Luanda, Luanda, onde estás? Luanda, Luanda, onde estás?
As luas crescentes De espelhos luzentes, Colares e pentes, Queijares e dentes De maracajás...
- Luanda, Luanda, onde estás? Luanda, Luanda, onde estás?
A balsa do rio Cai no corrupio Faz passo macio, Mas toma desvio Que nunca sonhou...
- Luanda, Luanda, onde estou? Luanda, Luanda, onde estou?
Ascenso Ferreira (1895-1965)
***
Esse poema foi musicado em 1999 por Ma…

Destaques na revista O Rosacruz

Na edição de O Rosacruz deste trimestre (aqui está o sumário da edição anterior), destaco dois artigos sobre temas bem atuais: um sobre a influência da informação na sociedade, especialmente quanto aos efeitos negativos de notícias sensacionalistas propagadas pelos meios de comunicação de massa, e sobre a depressão, incluindo orientações para evitar quadros leves desse estado psíquico.

Outros artigos da edição atual de O Rosacruz abrangem: os aspectos místico-filosóficos das artes marciais japonesas, o simbolismo da abelha ao longo da história e a velha questão sobre Francis Bacon e Shakespeare (eles foram ou não foram a mesma pessoa?). A revista trimestral é de acesso livre - ou seja, a membros e não membros da Ordem Rosacruz, AMORC - e tem planos de assinaturas anuais e bianuais.

Em tempo, neste mês de maio o Museu Egípcio e Rosacruz, localizado em Curitiba, promove a exposição Onde tudo começou, patrocinada pelo Banco Itaú e em parceria com o Museu Nacional da UFRJ. A entrada é gr…

Perfil do Consumidor, com Fernando Machado

O Perfil do Consumidor era uma seção dominical do blog do colunista social Fernando Machado que eu acompanhava toda semana, pois sempre fui fã dessas entrevistas pingue-pongue com personalidades diversas. Porém, ano passado a seção foi interrompida, por decisão do próprio colunista, devido à falta de consideração de seus entrevistados - os quais começaram a atrasar ou não responder as perguntas que ele fazia.

Pessoalmente, tinha a curiosidade de saber o que o próprio Fernando Machado responderia se ele fosse o entrevistado. Então, ao nos encontrarmos casualmente no calçadão de Boa Viagem domingo retrasado (20), expressei-lhe o desejo e ele gentilmente aceitou o desafio. Eis agora suas respostas, exclusivas para este blog.

Qual a maior invenção do homem – Cuidar do homem

Qual a pior invenção do homem – Destruição do homem

Um nome que a história guardou – Marilyn Monroe e Mathias da Rocha

E um que a história vai guardar –  Papa Francisco

Com quem gostaria de se esbarrar no Internacional – C…

Coluna de Domingo - 3

PMs e guardas municipais apareceram com mais frequência no D. Lindu após o caso do quase rapto de uma criança no parque, denunciado pela mãe à imprensa. Por outro lado, é comum pais e mães perderem de vista seus filhos por lá - por culpa do celular, às vezes.Muitos adolescentes compram bebida indiscriminadamente nas barracas da orla em frente ao D. Lindu; outros eventualmente utilizam maconha. Os que bebem curtem cerveja, caipirinha e vodca.Daniel Wolff (foto) lançará seu primeiro CD de canções, Canção do Porto, no próximo dia 15 de maio, às 20h, em Porto Alegre. Ouça trechos no site oficial do violonista e compositor gaúcho.Wolff, que recebeu oito indicações no último Prêmio Açorianos de Música (o Grammy do Rio Grande do Sul), terá duas obras estreadas em 2014 e está com apresentações agendadas em seis países.Aproxima-se o lançamento do edital para o concurso da Câmara Municipal do Recife. Haverá também concurso da prefeitura municipal para gestor público.Muitos estudantes de música …

Relação de consulados de Pernambuco

Já que o Recife vai receber uma quantidade de turistas maior e mais variada do que na Copa das Confederações, é bom ter à mão uma relação dos consulados que têm escritório em Pernambuco. Basta, então, baixar o PDF com a listagem oficial do Guia Consular de Pernambuco.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Inscrições abertas para os programas de intercâmbio da Aiesec

Quando cumpri estágio docência no mestrado, tive um aluno que era membro da Aiesec - instituição da qual eu nunca tinha ouvido falar. Daí a conheci e me empolguei com sua proposta, além de ter feito posteriormente dois cursos de conversação que ela promoveu, em inglês e espanhol.

Queria também ter participado de um programa de intercâmbio organizado pela Aiesec, mas eu já estava perto da idade limite de 30 anos que eles estipulam e não pude me habilitar. Porém, conheci vários intercambistas - chamados de aiesecers - e todos relatam o quanto foi importante as experiências de voluntariado vividas no exterior.

Por isso, fica a recomendação para conhecer melhor os programas de intercâmbio da Aiesec, caso você tenha entre 18 e 30 anos, e se aventurar em um deles.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Acompanhe tudo sobre turismo em Pernambuco

O blog Viva Pernambuco Turismo ganhou o terceiro 3° lugar no concurso Top Blog (categoria "turismo", júri popular) em 2012. Nele você pode encontrar uma série de informações, como:
sugestões de roteiros;ofertas de vagas nas áreas de hotelaria, turismo e afins;lista de telefones úteis;indicações de hotéis, pousadas, agências de turismo e locais de entretenimento. Vale a pena conferi-lo.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Hablando con nuestros hermanos - 3

[Post final da série]


El betacismo

Prometímosselo y abrazándonos y echándonos su bendición, el uno tomó el viaje de Salamanca, el otro de Sevilla, y yo el de Alicante, adonde tuve nuevas que había una nave ginovesa que cargaba allí lana para Génova.

No espanhol de Castela, o fonema representado pela letra vê havia perdido a distinção em relação a seu fonema oposto, o da letra bê. Assim, aquela letra passou a ser preservada por questões etimológicas (da mesma maneira que mantivemos, em algumas línguas neolatinas, o agá antes de vogais), mas acabou sendo mantido em outras regiões da Espanha e restaurado em determinadas colônias no continente americano.

O betacismo (nome desse fenômeno de supressão do fonema vê em favor do bê – que na verdade aplica-se a qualquer indistinção ou troca entre os dois fonemas) e o lleísmo estão entre as peculiaridades fonéticas mais traiçoeiras para iniciantes na língua espanhola. Ouvir a palavra valle pela boca de um argentino e de un paraguaio em um…

Daqui a um mês, pela primeira vez no Recife

Duas óperas do compositor norte-americano Gian Carlo Menotti. Imperdíveis.

O maior e mais bonito aeroporto em linha reta da América Latina

Nosso folclórico ufanismo nos fez comemorar pesquisa recente divulgada no site da revista Exame e que trazia em primeiro lugar, na preferência dos usuários, o Aeroporto Internacional do Recife / Guararapes / Gilberto Freyre (por que alguns dos aeroportos principais do país têm três denominações? Eu chamo o daqui de "Guararapes").

Na matéria, são explicados os aspectos considerados positivos pelos passageiros, e alguns dos negativos. Vou comentar aqui sobre estes últimos e mais outros não citados. Posteriormente, tentarei tirar um tempo para traduzir as informações mais importantes para o inglês e o espanhol.

Acesso via ônibus
Curiosamente, todas as capitais por onde passei no Brasil e onde precisei pegar ônibus - quais sejam, Rio, São Paulo, Curitiba e Salvador - dispõem de linhas que ligam o aeroporto ao Centro. Recife também.

Ainda por cima é uma linha opcional, cujos veículos possuem ar-condicionado, e com tarifa muito acessível: R$ 2,70 contra R$ 9,00 em média no Rio e R…

Chamada de trabalhos: V Simpósio Internacional de Musicologia da UFRJ

A Escola de Música da UFRJ e o Programa de Pós-Graduação em Música da instituição anunciaram a realização do V Simpósio Internacional de Musicologia da universidade, de 11 a 15 de agosto de 2014. Os trabalhos a serem submetidos terão como tema: “Periódicos Musicais: História, Crítica e Políticas Editorais”.

O mote é para comemorar o aniversário de 80 anos da Revista Brasileira de Música, o primeiro periódico acadêmico da área de música no Brasil, e "convida a uma reflexão sobre os periódicos especializados e a imprensa periódica não especializada, em suas dimensões históricas e críticas, bem como seu papel na difusão do conhecimento da área de música nos diversos países da Europa e das Américas", diz o e-mail enviado pela Profa. Maria Alice Volpe, presidente do Conselho Editorial da publicação.

O evento visa a aproximar especialistas brasileiros e estrangeiros para debater tópicos como: história do periodismo musical, crítica musical, história da recepção, …

Coluna de Domingo - 2

O blog PQP Bach, o mais famoso do Brasil (e o mais diversificado do mundo) quando o assunto é download de álbuns raros de música clássica, repostou alguns discos valiosíssimos, como os do Grupo Orange, Sivuca e Sinfônica da Paraíba, Neukomm no Brasil, Ponteios de Camargo Guarnieri e Maracatu do Chico-Rei......além de um roteiro para se começar a ouvir música clássica nacional (por incrível que pareça, nunca fiz lista do tipo; e essa possui várias obras que nunca escutei).Semana passada o professor de literatura Peron Rios, tricolor, pagou-me uma Antarctica Original em razão de aposta que fizemos quanto ao título da Copa do Nordeste.Uma das razões pelas quais temos motoristas tão mal-educados nos coletivos do Recife é a preocupação dos donos de empresas de ônibus em perdê-los para a região de Suape, onde há demanda constante e boa remuneração. Se os patrões mandarem os grosseiros e atrasados pra rua, haverá problemas pra reposição, pois faltará mão-de-obra.A Sinfônica do Estado de São …

Curso de regência do Mimo em nova época do ano

O curso mais badalado do Mimo, inaugurado em 2007 e ministrado pelo maestro Isaac Karabtchevsky, sofreu uma grande mudança em sua concepção, anunciada esta semana pela produção do festival.

A partir de agora, o curso de regência acontecerá no meio do ano, na cidade de São Paulo - ou seja, não mais durante os dias de concertos do Mimo, que são em agosto e setembro.

A edição de 2014 será entres os dias 02 e 07 de julho e contará com 15 alunos participantes e 30 ouvintes. A assessoria de imprensa do Mimo informa ainda que a orquestra residente passa a ser a do Instituto Baccarelli, sediada na capital paulista.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Comungando longe das paróquias

Imagine, particularmente quem for católico romano, que você está de viagem, por exemplo, em uma cidadezinha do interior da Bulgária, do Líbano ou do sul da Índia, a turismo; é domingo e não há uma paróquia de rito latino (isto é, da Igreja de Roma) ou uniata (de igreja de rito oriental, como o bizantino, mas ligada a Roma); seria então possível receber a comunhão numa paróquia ortodoxa?

Consultei o advogado, catequista e professor de Direito Humberto Carneiro para sanar essa dúvida e a resposta, além de clara, é bastante interessante para recapitular a questão da validade dos sacramentos de outras igrejas, não obedientes ao Bispo de Roma.

"Pode sim [comungar]. O nome disso é communicatio in sacris ("comunicação nas coisas sagradas") revestida de licitude. Ela é permitida pelo Código de Direito Canônico em relação aos sacramentos da Penitência, Eucaristia e Unção dos Enfermos (extrema unção), desde que inexista perigo de erro/indiferença religiosa pelos católicos e …

Hablando con nuestros hermanos - 2

[Post originalmente publicado no Blog da Revista Continente]

Yeísmo x lleísmo

¿A qué llamas apear, o a qué dormir? dijo Don Quijote. ¿Soy yo por ventura de aquellos caballeros que toman reposo en los peligros?

Lleísmo é como se denomina a presença do fonema original castelhano para o duplo ele, igual ao nosso ele agá. Já o yeísmo é a ausência dele, sendo substituído pelo fonema da letra ípsilon (nosso i intervocálico). Se em português, censuramos quem fala “trabaiá” em vez de “trabalhar”, no espanhol esse fenômeno tornou-se admissível ao longo do tempo e já é majoritário entre os nativos do idioma.

E aqui, subsequentemente, é necessário o brasileiro se acostumar às várias pronúncias do ípsilon na língua espanhola – saber no papel é uma coisa, durante a conversa é outra: a informação perde-se se não captada na velocidade do diálogo. A palavra payazo (palhaço), p. ex., pode nos soar como: “padjasso” (Caracas), “paiasso” (México/Chile) e “pajasso”/”pachasso” (Rio da Prata).

Para nós…

Guararapes, sob o imaginário da fé

Hoje haverá a inauguração da exposição Guararapes, sob o imaginário da fé, no Instituto Ricardo Brennand, com curadoria do historiador Leonardo Dantas Silva. O coquetel acontece das 19h30 às 22h e a entrada é mediante convite impresso. Quem desejar o convite, basta me solicitar (audicoes@gmail.com) que o encaminharei (já autorizado).

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Você se acha um poeta?

Todo mundo tem um amigo que se intitula poeta, lança livros e povoa as redes sociais com seus versos. Alguns tratam seus amigos poetas com tolerância, outros com entusiasmo, outros os ignoram e por aí vai. Mas como reconhecer que você está ao lado de um poeta de talento, ou menos competente, se ele ainda não foi reconhecido pela crítica ou recebeu algum prêmio julgado por uma banca reconhecida?

É preciso ressalvar primeiro que a crítica não é um corpo unitário e burocrático e que prêmios funcionam de forma limitada para mapear a atividade artística, então é melhor o próprio leitor desenvolver seu julgamento. Para falar melhor sobre os critérios de julgamento básicos sobre poesia, recorri ao amigo e crítico literário Bernardo Souto, da revista Vila Nova, que eventualmente ministra cursos de apreciação literária no Recife. (Os grifos são do entrevistado.)

CEA Bernardo, o que é poesia (e o que ela não é)?
BERNARDO SOUTO Arte verbal rítmica, a poesia é uma maneira de expressar os estados …

Uso do subjuntivo - orações optativas

Um amigo próximo me manda uma dúvida sobre gramática. Ele viu na internet que uma canção norte-americana tinha um verso traduzido de duas formas aqui no Brasil - "esperamos que vejamos nossa bandeira tremular..." e "esperamos que veremos nossa bandeira tremular..." - e que alguém alegou que a segunda forma era a correta, pois "o subjuntivo representa dúvida e o indicativo certeza" da realização daquele desejo. Não há como negar que esse equívoco foi baseado numa leitura gramatical muito superficial, para não dizer leiga.

Em "esperamos", existe uma ação concreta, o ato de esperar, enquanto que o verbo "vejamos" expressa um desejo, futuro e não concreto, por isso o primeiro verbo está no infinitivo e o segundo no subjuntivo.

Mas não é apenas por isso: temos um caso de período composto por uma oração principal e outra subordinada. Ora, em sentenças que exprimem "desejo, hipótese, dúvida, indignação, ordem ou proibição", a …

Fundarpe seleciona pareceristas

A Diretoria de Gestão de Cultura do órgão receberá os formulários de inscrição e comprovantes de atividades em currículo até esta segunda. A remuneração é de 1 mil reais para um piso mínimo de até dez projetos e cem reais para avaliação de cada projeto adicional. Vejam mais informações via Facebook.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Coluna de Domingo - 1

Para o blog não ficar parado aos domingos, inauguro uma coluna semanal cujo nome não poderia ser mais prosaico, mas que também encaixa-se na medida.
Neste exato momento estarei fazendo a prova de nível médio para a Assembleia Legislativa de Pernambuco. Eu e mais umas 31 mil pessoas, para 40 vagas. Pelo menos será menos tensa do que a da semana passada, a de nível superior, que durou o dia inteiro e deixou muitos concorrentes com o corpo dolorido.Estão sendo esperados 350 mil visitantes no Recife para a Copa do Mundo. No carnaval, em comparação, foram contabilizados 810 mil turistas. Os dados são da Secretaria de Turismo do Recife.Folclóricos como são/somos, os pernambucanos temem intervenção de Putin para anexar a Torre Malakoff, no Recife Antigo. Conforme o boato, o presidente russo teria sinalizado a possibilidade de ação militar após saber que o prédio-monumento refere-se à Guerra da Crimeia, no séc. 19. Os assaltos no entorno do Shopping RioMar são constantes e diários - e todos …

Sobre intercâmbio com aulas de música e artes na Itália

Noutra postagem desta semana, me referi a uma matéria sobre museus musicais na Europa e mencionei também a possibilidade de se fazer um intercâmbio em escolas de italiano incrementado com aulas extra sobre música e artes.

Pois bem, já tive a oportunidade de estudar o idioma de Dante e Petrarca por duas semanas em Florença, em junho de 2008, no Istituto Italiano, com uma bolsa concedida por cortesia do diretor da escola, o maestro e compositor florentino Stefano Burbi.

Particularmente não foi das melhores decisões que tomei porque eu tinha ido a Europa para me aperfeiçoar em inglês e já não praticava italiano havia cinco anos - era para eu ter dado um intervalo entre o aprendizado de um idioma e outro, mas eu não sabia quando voltaria por aquelas bandas e achei melhor estudar em vez de "turistar".

Por outro lado, tive a chance de conhecer um sistema diferente de ensino, em que todos os estudantes sentam-se ao redor de uma mesa, com o professor à cabeceira, e cada um tem sua …

Arquitetura religiosa paulista de 1600 a 1870

O doutorando em Arquitetura pela USP no campus de São Carlos Mateus Rosada (no Instituto de Arquitetura e Urbanismo) está desenvolvendo uma pesquisa inédita sobre igrejas históricas de São Paulo. Depois de ficar descontente com a abordagem quase nula do barroco religioso paulista sob a ótica arquitetônica - em contraste com a quantidade de pesquisas acerca do mesmo período em igrejas fluminenses, baianas, pernambucanas e mineiras -, Mateus decidiu empreender um vultoso estudo sobre 108 igrejas e capelas urbanas espalhadas por todo o Estado.

"Vi uma lacuna enorme sobre São Paulo. E há também pouquíssima sobre o barroco do Sul do Brasil, do Mato Grosso, Goiás, Piauí, Maranhão, mas fechei só no paulista porque senão eu não daria conta", explica o pesquisador. Segundo ele, apesar de existirem obras que tratem de uma ou duas igrejas em específico, há apenas um livro que trata especificamente do barroco paulista como um conjunto, de autoria de Percival Tirapelli (Igrejas paulista…

Crítica sobre o filme Noé

Não tenho tido tempo ver para ver filmes desde o início do ano, mas - se fosse para ir ver algum graças a uma crítica - iria pela que fez meu dileto amigo Pedro Isaac, de João Pessoa. Nada de considerações de linguagem e estética cinematográfica ou sobre a atuação dos atores. Bastou a mordacidade contra o que ele considerou deturpações de enredo original para que eu ganhasse interesse.

(...) Graças a ele, agora sei que Noé era assassino, genocida e praticamente um infanticida. Que ele foi o antecessor espiritual de Leonardo Boff com esse papo de que a humanidade precisa ser eliminada para que a Terra vire o Paraíso (...)

Confira o texto completo no Facebook.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Hablando con nuestros hermanos - 1

[Post originalmente publicado em 2011, no Blog da Revista Continente]

Depois de duas sextas-feiras ausente (em viagens a Petrolina, apurando reportagens para as próximas edições da Continente, e a Buenos Aires, para um congresso acadêmico de musicologia), volto a postar aqui no blog – desta vez, não para falar de música clássica, mas da língua espanhola. Por sinal, nos próximos meses vocês vão me ler em outras seções da revista: vou dar um tempo em Sonoras e partir para Pernambucanas, Viagem, Cardápio, Leitura…

O que me instigou a escrever este post foram os constantes episódios que tenho testemunhado em conversas entre brasileiros e hispanofalantes nos últimos dois anos, quando passei a viajar para outros países latinoamericanos e, numa dessas saídas, aproveitei para fazer um intercâmbio no intuito de finalmente aprender o idioma cervantino.

Além da alta velocidade de fala dos interlocutores, os estudantes brasileiros sentem uma dificuldade recorrente quanto à pronúncia na…

Fan Page da presidente publica foto "meramente ilustrativa"

Emerson Raniere, amigo meu que mora no Canadá e está participando do programa Ciência Sem Fronteiras, denunciou que a página da presidente Dilma Rousseff publicou notícia sobre decisão da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) ilustrada com foto de uma parada de ônibus no Aeroporto de Toronto, justo onde ele reside atualmente.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Pelas capitais da música clássica europeia

Para os amigos e colegas do meio musical, aqui vai uma reportagem que preparei há quase dois anos pro site da Continente sobre museus musicais em algumas capitais da Europa, incluindo as vantagens da experiência de se fazer um intercâmbio com aulas de instrumento ou canto. O texto resume dicas reunidas nas duas vezes que fui pro Velho Continente e abrange as seguintes cidades: Praga, Varsóvia, Viena, Bruxelas, Paris, Londres, Dublin, Lisboa (e Estoril) e Florença. Vale a pena a visita a alguns lugares em especial, como a Cité de la Musique, o Museu dos Instrumentos Musicais de Bruxelas e a Haus der Musik.

Sport permanece como único campeão de 1987

Revelo em primeira mão as próximas manchetes do caso, após a decisão de hoje:
Conselho de Segurança da ONU repudia tentativa de invasão do Flamengo à sede do SportFlamengo apela ao Tribunal de Haia para obter a Taça das BolinhasEm cartada final, Flamengo alia-se a Darth Vader e Lex LuthorTodos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Semana de Comunicação Pública de Pernambuco tem início nesta quarta

Amanhã, dia 09, começa a segunda edição da Semana de Comunicação Pública de Pernambuco, organizada pelo Núcleo de Televisão e Rádios Universitárias (NTVRU) e pelo Departamento de Comunicação da UFPE. O evento acontecerá no auditório do Centro de Educação (CE) da universidade e as oficinas serão ministradas no Centro de Artes e Comunicação (CAC). As oficinas e debates acontecerão até sexta, dia 11, e as inscrições estão abertas pelo site oficial do evento, que contém toda a programação.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Pegue sua caixa de rojões

Uma coleção intocada de embalagens à disposição e a curiosidade inata a um acadêmico foram os fatores que motivaram a professora Sophia Costa a dedicar sua dissertação de mestrado ao estudo das imagens de pacotes de fogos de artifício, que resultou no livro Fogos de artifício: Imagens, mitos e símbolos, lançado pela editora Edgard Blucher e à venda pela internet.

Tendo tido a oportunidade de folhear o livro, conversei com Sophia, que leciona no curso de Design no campus da UFPE em Caruaru, para que ela explicasse como surgiu a ideia da dissertação, que ganhou prêmio da própria universidade, e qual a abordagem que ela utilizou nos estudos. Quem quiser saber mais sobre o livro, é só postar um comentário.



CEA Sophia, como se deu a ideia da pesquisa?
SOPHIA COSTA A ideia da pesquisa se deu durante o curso [a graduação] de Design, quanto tive contato com o acervo de embalagens de fogos da Fundaj. Na verdade, a coleção tinha acabado de ser doada, e ninguém tinha mexido nela ainda. Sob orien…

Prova da Alepe ou "Dies Staffae"

Hoje foi o dia da estafa para quem fez a prova de nível superior do concurso para a Assembleia Legislativa de Pernambuco. As quatro horas e meia para marcar as cem questões objetivas, pela manhã e início da tarde, foram justas (embora na minha sala houvesse quem saísse chorando por não ter conseguido preencher o cartão de respostas), mas as três horas para as duas provas discursivas, a partir do meio da tarde, foram um teste de resistência para o equilíbrio mental - nem digo o psicológico, mas o intelectual mesmo.

Cuidar de uma redação e de uma matéria jornalística seria confortável se isso não significasse, na prática, cuidar de dois tipos de estruturação, abordagem, escolha de vocabulário, estilística e estratégias de coesão diferentes. Dá uma hora para construir cada texto e mais meia para passá-lo a limpo (por conta disso, daqui deste post vou direto dormir para recobrar as energias).

Meu comentário breve sobre a prova:
As questões objetivas gerais não trouxeram problemas - acresc…

Qual o portal de notícias locais que você mais acessa?

Além dos portais ligados aos três grandes jornais impressos recifenses (NE10, Pernambuco.com e Folha PE) e do G1, ligado ao Globo.com, há o LeiaJá, fundado em 2011 por José Janguiê Diniz (do Centro Universitário Maurício de Nassau). Agora, surgiu o Cidade a 1000, cuja origem ainda é um mistério (nada consta no expediente deles).

Roteiro personalizado para Buenos Aires

Visualizar Buenos Aires Turístico em um mapa maior
O fotógrafo portenho Claudio Portela reside há anos no Recife (fomos vizinhos de prédio por uma época aqui em Boa Viagem), e tempos atrás preparou um roteiro personalizado no Google Maps, com comentários em espanhol.

O roteiro era para os amigos, conhecidos e clientes de seu estúdio que pediam indicações do que conhecer na capital argentina e seus arredores, mas está acessível a qualquer pessoa - clicando-se acima. Já estive quatro vezes em Buenos Aires e ainda não conheci metade do que tem no mapinha, portanto fica aí a preciosa dica.

Como anda Higino?

Há dois anos e meio tive a chance de ir até Gravatá do Ibiapina, distrito de Taquaritinga do Norte (agreste pernambucano), para conhecer a Sociedade Musical 24 de Junho, que tocava um repertório só com músicas da MPB que falassem sobre flores, especialmente as cultivadas na cidade.

Lá, eu e Chico Ludermir (então estagiário de fotografia da Continente) fizemos amizade com Higino de Sousa, o clarinetista da foto do link acima, cujo avô fizera parte da mesma banda. Higino foi nosso cicerone durante os dois dias de estada na cidade e era o único integrante da 24 de Junho que também compunha, mesmo tão novo.

Dois anos e meio depois o procurei pelo Facebook para saber das novidades. A resposta à primeira pergunta minha ("Continua tocando na banda e compondo?") não poderia ter sido mais espontânea: "Continuo tocando na banda sim, como eu te disse naquela época: 'Me criei nessa banda e nela quero morrer'."

Higino - que ainda mora no mesmo endereço, na rua principa…