Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Mário de Andrade e as expedições pelo Brasil

O Globo fez um hotsite especial, com depoimentos de Carlos Sandroni, revisitando alguns dos lugares de Pernambuco e Paraíba que Mário de Andrade visitou no final da década de 1920 e que também foram destinos da Missão de Pesquisas Folclóricas que o escritor encaminhou ao Nordeste em 1938. E quase tudo o que foi recolhido pela MPF está disponível em dois portais, um produzido pelo SESC São Paulo e outro, pelo Centro Cultural São Paulo. Trata-se da maior iniciativa empreendida pela musicologia brasileira até hoje.

Todos os direitos reservados. Permitida a reprodução apenas parcial, salvo outra sob acerto prévio, citando-se a fonte e o link de origem em qualquer em qualquer circunstância.

Festival de Música Instrumental do CPM – 5ª Edição‏

Noturno de consagração, op. 19

Nos últimos dois dias trabalhei numa curta peça para piano, que acabou tendo cerca de quatro minutos de duração. Inquietado pela insônia no sábado já de manhãzinha, após passar a madrugada concentrado em outra obra, de duração mais extensa, me vieram duas coisas ao mesmo tempo: um imperativo de trabalhar acordes formados por aglomeração, i. é, por sucessão de notas, e um sentimento de culpa por nunca mais ter rezado com a assiduidade com que eu deveria, daí uni as duas coisas e dei conta da peça tratando-a de dedicá-la desde o início, em forma de retribuição, a N. S. do Carmo, a quem sou consagrado desde 2013 pela imposição de Seu escapulário.

Todavia não se trata de uma peça sacra: é uma partitura de concerto curta - tonal e monotemática - que varia entre a estaticidade ginopediana de Satie, na primeira e terceira seções, e uma emulação aparente de noturno chopiniano na seção central, onde acontece uma discreta modulação que se contém e regressa ao si menor inicial, evitando fornece…

IV Opera Studio abre inscrições no Recife‏

Professores e alunos de canto, cantores profissionais e pianistas já podem se inscrever na quarta edição do Opera Studio do Recife. Com inscrições abertas até 19 de junho, o curso é um projeto pioneiro em Pernambuco, que pretende qualificar cantores líricos profissionais e pianistas, procurando aperfeiçoar aspectos específicos da linguagem da ópera.

Com incentivo do Funcultura/Governo de Pernambuco e apoio do Conservatório Pernambucano de Música e do Consulado Americano no Recife, a oficina será oferecida gratuitamente e terá uma turma de 20 a 25 cantores e até quatro pianistas. As aulas ocorrem entre os dias 13 a 31 de julho, sendo de segunda a sexta pela manhã e tarde, com aulas expositivas e atividades práticas.

As aulas serão ministradas pelos professores Marcelo Ferreira, Vitor Philomeno, Frieda Gebert (EUA) e Maestro Ottaviano Tenerani (Itália) que acompanharão os alunos nas aulas em grupo e individuais. O encerramento do curso será com um recital aberto ao público, dia 30 de j…